LIVRO DE VISITAS

Clique na imagem para entrar

Seguidores

09 agosto 2010

NOVO GOLPE CONTRA A VIDA

NO MAIS COMPLETO SILÊNCIO MIDIÁTICO, O 
GOVERNO BRASILEIRO, EM CONJUNTO COM A 
ONU, ACABA DE DESFECHAR UM NOVO E DURO 
GOLPE CONTRA O DIREITO FUNDAMENTAL À 
VIDA. 
Através da Secretaria de Políticas para as Mulheres, encabeçada 
pela Ministra Nilcéia Freire, o governo do presidente Luiz 
Inácio Lula da Silva acaba de assinar um documento, no âmbito do 
direito internacional, que propõe para todos os governos da América 
Latina, inclusive o Brasil, a completa legalização do aborto. 

O documento foi aprovado na sexta feira, dia 16 de julho de 
2010, em Brasília, por ocasião da conclusão da XIª 
Conferencia Regional sobre a Mulher da América Latina e Caribe, 
promovida pela CEPAL (Comissão Econômica para América 
Latina e Caribe da ONU) em conjunto com a Secretaria de 
Políticas para as Mulheres do governo Lula, e realizada em 
Brasília entre 12 e 16 de julho de 2010. 


Com exceção de um blog ligado ao jornal O GLOBO do Rio de
Janeiro, os demais jornais não estão comentando as denúncias desta
mensagem.

Em uma matéria intitulada "GOVERNO VOLTA A
DEFENDER DESCRIMINALIZAÇÃO DO ABORTO
EM DOCUMENTO OFICIAL", publicada em um blog ligado
ao jornal O GLOBO, o jornalista Evandro Éboli faz o seguinte
comentário: 


"DOIS MESES APÓS TER SIDO EXCLUÍDA DO
3º PROGRAMA NACIONAL DOS DIREITOS
HUMANOS, A DESCRIMINALIZAÇÃO DO ABORTO
VOLTOU A SER DEFENDIDA OFICIALMENTE
PELO GOVERNO BRASILEIRO". 
Recebi o artigo completo por email, encaminhei para minha irmã Marineide.
Ela postou no seu Blog e eu copiei seu modelo, por uma boa causa.
Não vou publicá-lo na íntegra por se muito longo.
Maiores informações você pode ler no
site abaixo.
Quem estiver interessado deixe recado, ou me mande
um email que eu enviarei toda a vergonhosa matéria.

ONDE ANDAM OS PRINCÍPIOS 
MORAIS ÉTICOS E ESPIRITUAIS?


2 comentários:

Erenilza disse...

OLá Odete!!
Realmente é inaceitável que venhamos a retroagir diante de um direito essencial que é o direito à vida!!!!!
Temos que nos manifestar.
Não podemos ficar parados, só olhando as coisas acontecerem!Principalmente diante de uma vida totalmente indefesa.
Sou totalmente contra a descriminalização do aborto!!!

Anônimo disse...

Odete: Penso que a legalização do aborto nada mais é do que um incentivo a delito. No mundo globalizado, ninguém poderá alegar desconhecimento das situações que levam à gravidez. Numa campanha do ministério da Saúde, há ampla divulgação dos meios onde se consegue chegar gratuitamente aos meios/métodos contraceptivos. Nada, ninguém tem esse direito. Não se trata apenas de questões filosófio-religiosas, mas, de questões humanitárias.Essa é, sem dúvida, mais uma onda nefasta de nagativação estatal frente a um problema social que toma ares de doença crônica. O estado preferirá arcar com os prejuízos do aborto, que oferecer educação, saúde, moradia, lazer etc "áquilo" que futuramente seria um cidadão com direitos. Não vejo outra ótica para essa aberração. Nós, espíritas, aceitamos o aborto somente no caso de ameaça (se podemos usar esta expressão)à vida da gestante. Até mesmo a medicina pensa assim. Mas, não estou aqui falando como espírita: ESTOU USANDO MINHA PERSONALIDADE - OPINIÃO PÚBLICAO QUE PENSA QUE: aborto não diz respeito apenas ao "direito de fazer o quero com meu corpo". Num pensamento macro, envolve, primeiramente o ser em formação, passando pela família, atingindo toda a sociedade. Sem dúvida, muito brevemente, nos depararemos com crianças ainda em formação, na fila quilométrica dos "açougues do útero". Tudo isso com a anuência, bênção e sansão do estado.
VAMOS NOS CALAR PERANTE ESSE INCENTIVO DE ASSASSINATO???????????
Me desculpe por mais uma vez postar como anônimo. Para variar não consigo passar das exig~encias de senha etc!!!!!!!!!
Assino mesmo assim, viu!!!
É a opinião de Ralei Matos, que mesmo pensando assim, respeita (mesmo não concordando) outras opiniões e atos em contrário.

De onde vem meus visitantes